CAPELO – Freguesia criada em 1600 como “Paróquia da Santíssima Trindade do Lugar do Capello”. Dia 27 de setembro celebra o seu dia. Tem uma área de aproximadamente 26km², possuindo, atualmente, cerca de 500 habitantes.

O Capelo, ao longo da sua história, foi alvo de várias convulsões vulcânicas e sísmicas, o que fez com que as suas gentes procurassem outros destinos em busca de um local em que a segurança não fosse uma constante incerteza.

Contudo, foram criadas infraestruturas para contrariar uma possível desertificação, tais como: restaurantes, cafés, bares, mercearias, escolas, associações (Associação dos Amigos do Farol dos Capelinhos, Clube Desportivo de Caça e Golfe do Faial – campo de tiro, Associação de Voleibol do Capelo e Futsal, Associação Hípica Faialense, Associação da Comissão de Festas do Capelo e Comissão Fabriqueira da Igreja), instituições de utilidade pública (Casa do Povo do Capelo, Centro Hípico, Centro de Interpretação do Vulcão dos Capelinhos e Termas do Varadouro (atualmente desativadas)), zonas de lazer (miradouros, zonas balneares do Comprido e Varadouro, parque florestal, parque de campismo e parques de lazer), igrejas, impérios, porto do Varadouro, casa dos botes, casa etnográfica e ainda houve quem investisse na área do turismo na criação de Turismo Rural e Alojamento Local, enriquecendo, desta forma, o património da freguesia e daqueles que optaram por aqui ficar, transformando o destino do Capelo.

A freguesia do Capelo também é muito conhecida pela sua especial ligação à atividade da caça à baleia, possuindo ainda hoje dois botes baleeiros denominados por “Capelinhos” e “São José”.

Esta freguesia possui Circuitos Pedestres, os quais extremamente conhecidos internacionalmente, pois são parte integrante dos trilhos inseridos no muito popular “Azores Trail Run” com forte aderência por parte de indivíduos de todo o mundo.

Todos estes pontos de vitalidade fizeram da Freguesia do Capelo um local acolhedor e de grande interesse turístico!